Nosso compromisso Kolecti
A Kolecti, empresa especializada em pesquisa e na execução de serviços de melhoramento florestal como colheita e beneficiamento de sementes, polinização massal e controlada, propagação vegetativa, implantação e condução de pomares, medição e análise de experimentos, visando garantir padrão de excelência em Segurança e Saúde do Trabalho, assume os seguintes compromissos:

- Nenhum trabalho é tão urgente ou importante que não possa ser realizado com segurança.
- Assumir o papel ativo de garantir a segurança e saúde do trabalho de seus empregadores e parceiros, a partir dos controles operacionais.
- Atender aos requisitos legais e a outros requisitos relacionados a seus perigos de SST.
- Identificar constantemente os perigos e eliminar as situações de risco de maneira preventiva.
- Buscar a melhoria contínua da Gestão e do desempenho de SST.
- Incentivar a participação dos colaboradores na melhoria das condições de trabalho e na prática de trabalho seguro.
- Manter os registros e informações adequadas às partes interessadas sobre a segurança e saúde ocupacional
empresa

Sobre a Kolecti

A empresa conta com equipamentos voltados para trabalhos em altura e uma equipe e capacitada formada por engenheiros, técnicos e funcionários especializados em operações nas áreas de pesquisa e melhoramento florestal. 


Toda a equipe passa por rigorosos treinamentos técnicos e exames de saúdes contínuos dentro das normas que regulamentam cada função, aptos a ingressar dentro da empresa com compromisso, ética e segurança nos trabalhos.

História

A kolecti iniciou seus trabalhos em 2013 em Tijucas-SC trazendo consigo uma experiência de 30 anos aproximadamente em trabalhos na área de melhoramento florestal. 


O objetivo da empresa é dar ênfase nos trabalhos na base da cadeia florestal, colocando a disposição mão de obra especializada e estrutura para executa-las. A empresa atende mais de 15 empresas em todo território nacional.

Sedes

A empresa esta localizada em dois endereços: 


Sede Administrativa

Rod. BR 101 - Km 162,  2120

CEP 88200-000 Tijucas – SC  

Tel: 48 3345-3065


Sede Operacional 

Rua Dr. Osvaldo de Oliveira, 222 

CEP 89490-000 Três Barras - SC 

Nosso DNA

Missão:
Disponibilizar serviços especializados e diferenciados nas áreas de melhoramento, pesquisa e desenvolvimento florestal.

Visão:
Ser reconhecida pela excelência na prestação de serviços.

Valores:
Credibilidade: ser confiável;
Ética: ser íntegro e transparente;
Inovação: buscar, continuamente, soluções técnicas e viáveis;
Cooperação trabalhar em equipe, com foco, harmonia e sinergia;
Compromisso: colocar a segurança e saúde no trabalho em primeiro lugar;
Entusiasmo: Ser apaixonado pelo que faz.

equipe

Equipe e Estrutura

Com uma estrutura completa para trabalhos em altura composta por caminhões com cestos aéreos e equipamentos de escaladas a empresa conta com uma equipe treinada e especializada formada por engenheiros florestais, técnicos florestais, técnicos de segurança, escaladores profissionais, operadores de cesto aéreo e uma base administrativa para dar todo o suporte para as empresas contratantes.

clientes e PARCEIROS
  • Castrolanda
  • Faber Castel
  • FRP Florestal
  • Imaribo SA
  • Santa Maria
  • CMPC Celulose
  • Remasa
  • ACR Associação Catarinense de Empresas  Florestais
  • Renova Floresta
  • Associação Paranaense de Empresas de Base Florestal
$alt
$alt
$alt
$alt
$alt

Vista de pomar de Pseudotsuga menziesii (Douglas fir).

O engenheiro florestal brasileiro durante visita em pomares de diferentes espécies.

Florestas Americanas

Como odesenvolvimento genético e testes com híbridos estão contribuindo para arecuperação de áreas florestais nos Estados Unidos

 

A América do Norte é conhecida pela sua forte tradição nacultura e desenvolvimento de coníferas. Esta parte do mundo mantém a altaqualidade em melhoramento e conservação genética das espécies graças àsassociações setoriais, que por décadas vêm realizando estudos e compartilhandoo conhecimento em encontros técnicos com profissionais do mundo todo.

Em junho deste ano dois importantes eventos, relacionados aomelhoramento genético florestal e ao manejo de pomares de diferentes espécies,principalmente de coníferas, aconteceram na Califórnia: o Seed OrchardManagers Annual Meeting (Reunião Anual de Manejadores de Sementes),organizado pela WFCA (Western Forestry and Conservation Association, ouAssociação Florestal e de Conservação do Oeste); e o Forest Genetics andClimate Change: Hope for the Future (Genética Florestal e MudançaClimática: Esperança para o Futuro), organizado pela WFGA (Western ForestGenetics Association, ou Associação de Genética Florestal da Região Oeste).

“Muitas aplicações poderão ser aproveitas para pomares etestes com nossas espécies aqui no Brasil, resultando em redução de custos,melhorias no manejo de pomares e testes clonais”, conta o engenheiro florestal,Júlio Cesar Soznoski, único brasileiro a participar dos dois encontros.Soznoski é diretor da Kolecti Recursos Florestais, empresa que atua no segmentode melhoramento genético de diversas espécies de árvores, principalmente pinuse eucalipto.

 

Adaptação de espécies às mudanças climáticas eRecuperação de áreas atingidas por incêndios

A WFGA é composta por fisiologistas, ecologistas,estatísticos, geneticistas, pesquisadores e estudantes da área florestal,envolvidos em questões de genética florestal no oeste dos Estados e no Canadá.Foi fundada em 1955 e realiza reuniões em conjunto com outras organizações. O ForestGenetics and Climate Change: Hope for the Future, aconteceu na sede doInstituto de Genética Florestal (IFG), centro de pesquisa em genética florestalda Califórnia. Situado na base da Sierra Nevada, é o lar do Arboreto Eddy, doHerbário Critchfield e de muitos exemplares de pinheiros híbridos, absolutamenteúnicos no mundo. “Foram apresentados assuntos de genômica aplicada, adaptaçãode espécies às mudanças climáticas, ecologia e conservação genética”, contaSoznoski. Em campo foram mostrados trabalhos com espécies resistentes aferrugem e o ciclo completo, desde a pesquisa do IFG, testes no viveiro, até opomar de sementes e plantio. “Visitamos áreas atingidas pelo “King Fire”,incêndio que devastou aproximadamente 390 quilômetros quadrados no condado deEl Dorado, na Califórnia em 2014, e vimos como estas áreas estão sendorecuperadas com reflorestamentos.” Na Floresta de Nacional de Eldorado a visitatambém incluiu pomares de conservação e testes que avaliam o comportamento dediferentes espécies em relação às mudanças climáticas.

 

Reunião de Manejadores de Sementes

A WFCA oferece educação continuada profissional de altaqualidade para gerentes de recursos naturais, no oeste dos Estados Unidos. Sãoeventos que vão desde workshops e visitas à campo, até conferências sobreciência e prática de manejo florestal. A associação frequentemente coorganizaeventos com grupos estrangeiros interessados em manejo florestal. A associaçãofoi fundada em 1909 e as empresas e organizações associadas estão localizadasna Califórnia, Oregon, Washington, Idaho, Montana e Alberta. O principalobjetivo é promover a cooperação e o entendimento das questões de gestão entreos governos federal, provincial e estadual com universidades, indústriasrelacionadas a florestas e outros, com envolvimento profissional e técnico comrecursos florestais.

Durante o Seed Orchard Managers Annual Meeting, emMonte Shasta, na Califórnia, foram apresentados trabalhos sobre manejo depomares, com gestão através de aplicativos; automatização de operações, comocolheita de pólen, polinização suplementar, prevenção de doenças, mecanizaçõese irrigações. O representante brasileiro no encontro também apresentou algunstrabalhos que estão sendo realizados com sucesso na silvicultura brasileira.“Discutimos sobre como estão distribuídos os pomares em diversas partes domundo e sobre o grau de melhoramento de cada país. Mostramos a gama de serviçospara melhoramento florestal que oferecemos no Brasil e alguns resultados que jáalcançamos”, conclui Soznoski.

Outra participação brasileira no encontro foi dogeneticista Arnaldo Ferreira, que atualmente vive nos Estados Unidos e atua noServiço Florestal Americano. Ele falou sobre o melhoramento da espécie Sugarpine e os resultados obtidos nos testes.

contato

48 3345 3065

contato@kolecti.com.br

Rod. BR 101, Km 162, 2120 Centro, Tijucas-SC